Bem-estar da mulher - Saúde da Mulher - Ana Louro Saúde
469
post-template-default,single,single-post,postid-469,single-format-standard,bridge-core-2.5.6,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-24.1,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.4.2,vc_responsive
Acompanhamento da Saúde da Mulher

Características da saúde da mulher

Bem-estar da mulher e promoção da saúde podem ser trabalhados com a medicina chinesa. Saiba como lendo este artigo.

A OMS define saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”.

Eu acrescento que este estado, é um estado dinâmico e também um jogo de equilíbrio!

O corpo da mulher tem características fisiológicas e energéticas únicas! Com mudanças significativas não só ao longo dos anos, mas com flutuações mensais e com o marco da gravidez, amamentação e pós-parto.

Nas últimas gerações e na busca de igualdade a mulher , afastou-se da sua essência feminina.

Talvez como consequência da luta pelos seus direitos, como ser humano independente de uma figura patriarcal.

Talvez como consequência do modelo sociólogo actual, de uma mulher trabalhadora e empreendedora.

A verdade é que o papel da mulher na família e na sociedade mudou!

As próprias mulheres passaram a ver-se de forma diferente e adoptar posturas e atitudes mais tipicamente masculinas.

Foi um caminho duro que nos trouxe coisas muito boas e nos assegurou direitos básicos, que nunca deveriam ser negados a nenhuma mulher! (infelizmente ainda o são em alguns países).

O reverso da medalha foi um desconectar, para o qual começamos agora a estar despertos.

Esta pode ser a geração da mudança e a geração da re-conexão!

O empoderamento feminino passa por sermos nós a decidir se queremos ou não ser mães, quando queremos ter filhos, como queremos parir, se queremos ou não amamentar, como queremos desempenhar o nosso papel de mãe!

O empoderamento feminino passa pelo conhecimento do nosso corpo e pela conexão com os seus ciclos naturais!

Deste modo, a medicina chinesa pode contribuir para o bem-estar da mulher , em qualquer uma das suas fases de vida, nomeadamente com:

  •  Regulação do ciclo menstrual;
  • Alívio da dor menstrual;
  • Otimização da fertilidade;
  • Acompanhamento na gravidez;
  • Preparação para o parto com acupuntura;
  • Aconselhamento em aleitamento materno;
  • Apoio emocional no pós parto;
  • Manutenção de um peso saudável; e
  • Alívio dos sintomas da menopausa.

O meu papel enquanto profissional de saúde com formação na área da amamentação e da acupuntura, é o de facilitar a mulher a viver estes marcos respeitando as suas vontades e os seus tempos, afinal não somos todas iguais.

 

Caminhos válidos há muitos, este é o meu! Vens Comigo?

 

Saber mais sobre especialidades de saúda da mulher.